Descolonizando o pensamento sobre o cinema

Bem vindes

O FICINE tem por objetivo a construção de uma rede internacional de discussões, projetos e trocas que tenham como ponto de partida e ênfase a reflexão sobre os Cinemas Negros na diáspora e no continente africano.

Conteúdos

Conteúdos diversos compartilhados por colaboradores do FICINE.

Material de referência

Disponibilizamos diversos trabalhos acadêmicos, entre teses, dissertações e monografias, além de catálogos de mostras e festivais, livros e links recomendados.

Conheça o FICINE

Quer saber o que é o FICINE e quem faz acontecer

Conteúdos recentes

66ª edição do Flaherty Film Seminar com Janaína Oliveira

Em Julho de 2021 aconteceu a 66ª edição Flaherty Film Seminar. O seminário começou na década de 1950 – antes da era das escolas de cinema – quando a viúva de Robert Flaherty, Frances, reuniu um grupo de cineastas, críticos, curadores, músicos e outros entusiastas do cinema na fazenda…

Leia mais

Afrofuturismo no Cinema – Imaginando Futuros Negros com Kênia Freitas

A aula-oficina ministrada por Kênia Freitas propõe-se a discutir os desdobramentos estético-políticos do afrofuturismo no audiovisual. A apresentação é voltada para a formação do público interessado em pensar e/ou conhecer as artes e narrativas negras contemporâneas, em suas possibilidades educacionais, culturais e políticas.

Leia mais

Cinema e negritude: restituições de territórios e invenções de pertencimentos

Sobre NoirBLUE: deslocamentos de uma dança (Ana Pi, 2018), Nome de Batismo: Alice (Tila Chitunda, 2017), Maré (Amaranta Cesar, 2018) e Galinhas no Porto (Caioz e Luís Henrique Leal, 2018) Tatiana Carvalho Costa com colaboração de Layla Braz Texto originalmente escrito para o catálogo do forumdoc.bh.2018. Disponível em: https://www.forumdoc.org.br/catalogos/catalogo_forumdocbh_%202018.pdf…

Leia mais

QuilomboCinema: ficções, fabulações, fissuras

>>> De um lado do Atlântico (Milena Manfredini, 2020), Fartura (Yasmin Thayná, 2020), Nascente (Safira Moreira, 2020), Pattaki (Everlane Moraes, 2019) e República (Grace Passô, 2020) Texto originalmente escrito para o catálogo do forumdoc.bh.2020. Disponível em: https://issuu.com/forumdoc/docs/catalogo_forumdoc_2020_digital TATIANA CARVALHO COSTA¹ Cinema Negro Brasileiro Contemporâneo agencia testemunhos e articulações da…

Leia mais

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.

Zózimo Bulbul e o cinema negro

70 anos. Era esta a idade de Jorge da Silva, mais conhecido como Zózimo Bulbul, quando iniciou a empreitada de sua vida: a criação de um pólo de cinema negro no coração da cidade do Rio de Janeiro. Assim, em 2007, Zózimo deu início às atividades do…(leia mais aqui)

FICINE nas redes

Fórum Itinerante de Cinema Negro, FICINE